As cidades do futuro vão precisar de camiões?

A urbanização não abranda, as cidades estão a crescer em todo o mundo e a necessidade de transportes continua a aumentar. Ao mesmo tempo, a poluição atmosférica e os congestionamentos de trânsito são problemas enormes. A necessidade de sistemas de transporte mais limpos e eficientes é óbvia. A questão é: os camiões terão lugar nas cidades do futuro?

Volvo Trucks nas cidades

A população mundial continua a aumentar. De acordo com relatórios das Nações Unidas, espera-se que a população global aumente de 7 mil milhões de pessoas em 2014 para aproximadamente 9 mil milhões até 2050. As NU estimam que dois terços de todas as pessoas viverão em cidades até 2050, em comparação com pouco mais de metade da população atualmente. Para além da urbanização, novos hábitos de consumo com mais comércio online e entregas ao domicílio também terão impacto na necessidade da sociedade em ter soluções de transporte eficientes. 

"Para resolver problemas relacionados com o trânsito que reduzem a qualidade do ar, como congestionamentos e emissões, temos de ser inteligentes. Devemos pensar em termos do espaço que os nossos transportes ocupam nas nossas ruas e das fontes de energia que utilizamos", diz Lars Mårtensson, Diretor de Ambiente e Inovação na Volvo Trucks.

Algumas pessoas defendem que carrinhas mais pequenas serão a solução para os transportes de distribuição nas cidades do futuro, mas não é assim tão simples, explica Lars Mårtensson. 

"Isso poderá verificar-se em algumas áreas. Mas, em termos gerais, um camião completamente carregado é um meio de transporte eficiente ao nível do espaço. Na verdade, um camião de distribuição tem uma capacidade de carga cerca de dez vezes superior à de uma carrinha mais pequena."  

Os camiões elétricos podem aumentar ainda mais a eficiência dos transportes. O baixo nível de ruído que apresentam cria oportunidades para realizar uma ampla variedade de serviços fora das horas de ponta, como de manhã cedo, ao final da tarde ou mesmo à noite. Isso reduz o movimento nas estradas durante as horas de ponta. Um camião elétrico sem quaisquer emissões de gases de escape pode ser utilizado em terminais interiores e zonas ambientais. 

"Se conseguíssemos realizar mais serviços de transporte fora das horas de ponta, existiriam menos veículos e menos congestionamentos durante o dia, quando mais pessoas precisam de utilizar as ruas. Isso também é bom ao nível da segurança. As cidades do futuro vão precisar de utilizar mais recursos como energia, espaço e tempo de forma mais eficiente do que atualmente, sendo que os camiões elétricos podem contribuir ainda mais para que isso aconteça", conclui Lars Mårtensson.

Artigos relacionados