Trucks

×

FAQ sobre camiões elétricos 

 

A eletromobilidade é uma área que ainda suscita várias questões. Por exemplo, em relação ao impacto ambiental, carregamento e autonomia. Abaixo encontrará algumas perguntas frequentes e as nossas respostas, classificadas em três categorias.

 

Sociedade/Sustentabilidade

Produtos e Serviços

Negócios    

Sociedade/Sustentabilidade

Eletromobilidade refere-se a veículos - incluindo carros, autocarros, comboios e camiões - que são total ou parcialmente alimentados por eletricidade, possuem um meio de armazenar energia a bordo e são normalmente abastecidos através da rede elétrica. O principal tipo de veículo com uma linha motriz elétrica é o BEV (veículo elétrico a bateria), mas também existem veículos elétricos alimentados a hidrogénio chamados veículos elétricos a pilha de combustível (FCEVs). A eletromobilidade também inclui a infraestrutura de carregamento e os serviços de apoio ao planeamento da autonomia e rota, assim como outras funções.

Muitas empresas estão a formular objetivos ambiciosos para o CO2, por exemplo para cumprir o Acordo de Paris, e os camiões elétricos são um meio de atingir esses objetivos. Também os regulamentos mais rígidos sobre emissões de carbono impulsionam certamente esta tecnologia, bem como o desejo de melhorar a qualidade do ar e reduzir o ruído, especialmente nas grandes áreas urbanas. Outro fator importante é a eficiência de transporte. Os camiões elétricos podem fazer entregas à noite e fora das horas de ponta, podendo aceder a mais locais do que os seus congéneres a diesel, incluindo no interior dos edifícios.

Um veículo elétrico a bateria (BEV) utiliza a energia armazenada em baterias carregadas com eletricidade da rede. Um veículo elétrico que utiliza a tecnologia de célula de combustível (FCEV) é alimentado com hidrogénio que é convertido em eletricidade quando o veículo é conduzido.

O impacto ambiental de um camião elétrico é muito baixo quando o camião está a ser utilizado, mas ligeiramente superior durante a sua produção. No entanto, como os camiões têm taxas de utilização elevadas, é possível compensar rapidamente esta situação. As linhas motrizes elétricas são mais eficientes em termos energéticos e têm o menor impacto ambiental quando utilizam eletricidade proveniente de fontes renováveis. 

Um veículo elétrico produz zero emissões de escape e consideravelmente menos ruído do que um veículo com motor de combustão. No entanto, são libertadas emissões durante a produção e durante a condução através dos pneus, travões, desgaste da estrada, etc.

Para responder a isso temos de analisar o ciclo de vida completo do veículo, incluindo as matérias-primas, produção e utilização. Um camião elétrico emite mais CO2 durante a produção, mas geralmente muito menos quando está a ser utilizado. No entanto, o mix energético local - a disponibilidade de carvão versus energia eólica ou solar, por exemplo - tem um efeito significativo sobre o impacto global do veículo. Para mais informações e cálculos precisos, consulte a calculadora da pegada ambiental da Volvo Trucks.

Sim, cerca de 90% do impacto ambiental do ciclo de vida de um camião tradicional a diesel decorre da sua utilização. Os camiões que funcionam a eletricidade proveniente de fontes renováveis têm um impacto muito menor durante a utilização. Na Volvo trabalhamos arduamente para garantir que as matérias-primas são extraídas utilizando métodos sustentáveis e que as baterias são produzidas com um impacto mínimo sobre o clima. Para mais informações e cálculos precisos, consulte a calculadora da pegada ambiental da Volvo Trucks.

Exigimos que todos os nossos fornecedores e os seus fornecedores sigam os nossos valores relativamente ao respeito pelos direitos humanos, pelo ambiente e pela ética empresarial. 

As baterias de iões de lítio contêm certos materiais escassos, tais como metais pesados e metais de terras raras. Alguns dos materiais escassos que podem ser encontrados nas baterias de iões de lítio e noutros componentes da eletromobilidade provêm por vezes de fontes que beneficiam, direta ou indiretamente, grupos armados nas zonas de origem. Muitas vezes estes materiais são referidos como minerais associados a conflitos. A Volvo Trucks está a avaliar toda a sua cadeia de abastecimento para garantir que todo o tântalo, tungsténio, telúrio, ouro e cobalto utilizados nas baterias dos seus camiões provém de fontes não conflituosas.

Até agora, o número de baterias em fim de vida tem sido bastante baixo, mas à medida que aumentamos a nossa produção de camiões eletrificados, aumentará a necessidade de reciclagem e de reutilização. Para estar preparada para isso, a Volvo Trucks está a trabalhar em conjunto com os processadores de resíduos e outros intervenientes para maximizar a taxa de reciclagem das baterias elétricas. Também estamos a investigar opções de segunda utilização de baterias antigas, para encontrar formas de prolongar a sua vida útil noutras aplicações, tais como o armazenamento de energia em edifícios.B14

Adotamos uma abordagem holística de todo o ciclo de vida, bem como da cadeia de fornecimento, incluindo fornecedores, materiais, logística, fabrico e reciclagem. Isso inclui tanto a forma como a linha motriz e as baterias são produzidas como os materiais que são utilizados.

Isso varia muito de país para país. Mas em geral, a disponibilidade de energia proveniente de fontes renováveis está a crescer rapidamente e essa energia é muitas vezes mais rentável do que os combustíveis fósseis. Para mais informações sobre o mix energético da UE, consulte a calculadora da pegada ambiental da Volvo Trucks.

Acreditamos que 50% de todos os camiões Volvo vendidos na Europa em 2030 serão elétricos, utilizando tecnologia de bateria ou de célula de combustível.

Do ponto de vista do setor, é desenvolver o conhecimento sobre como utilizar a tecnologia da forma mais eficiente, otimizando as rotas, a utilização da energia das baterias, os programas de manutenção e a disponibilidade dos camiões. Do ponto de vista da sociedade, a transição deve ser encorajada através de incentivos e ajudando a fornecer a infraestrutura de carregamento e a capacidade da rede elétrica para suportar um grande número de veículos. O fator principal é a necessidade de um transporte sustentável. Esta continuará a ser a força motriz por detrás da transição, no futuro previsível.

Os veículos elétricos requerem uma grande quantidade de energia quando estão a ser carregados. Uma forma de gerir esta questão é encorajar os utilizadores a carregarem os seus veículos durante a noite e distribuir e equilibrar a procura de forma inteligente, tanto nas grandes redes elétricas como a nível local. Estão atualmente a ser feitos grandes investimentos, necessários com urgência, no desenvolvimento da infraestrutura e na criação de mais postos de carregamento. Inicialmente, a maior parte dos camiões terá de ser carregada na sua base de origem. A Volvo destaca a necessidade de os governos introduzirem incentivos para a instalação de postos públicos de carregamento com elevada capacidade e espaço suficiente para camiões. 

Acompanhamos de perto o desenvolvimento de tecnologias de reciclagem e participamos em diversos projetos em que as baterias de veículos elétricos (VE) são transferidas para outras aplicações, como o armazenamento em sistemas de energia solar, após terem atingido o limite da sua capacidade operacional. 

Produtos e Serviços

Como os camiões elétricos não produzem gases de escape, isso permite-lhes fazer entregas em zonas de emissões zero. Além disso são mais silenciosos, o que significa que podem operar à noite nas cidades, quando não são permitidos outros veículos pesados. Em resultado, os camiões elétricos permitem aumentar a eficiência das empresas. Os camiões podem circular quando há menos trânsito, tornando as entregas mais rápidas e fáceis. Também melhoram a produtividade, porque podem fazer mais viagens durante os períodos de menor trânsito e chegar ainda mais perto do ponto de entrega final, devido ao seu funcionamento silencioso.

Atualmente fornecemos camiões elétricos de médio porte para operações de distribuição e recolha de lixo. Trata-se dos modelos Volvo FL Electric e FE Electric, na Europa, e Volvo VNR Electric, nos EUA. Em 2021 começámos a vender os camiões elétricos pesados Volvo FH, Volvo FM e Volvo FMX, utilizados para operações de transporte regional e de construção urbana na Europa. 

Temos ferramentas avançadas de simulação baseadas na nossa experiência de vários anos de utilização de veículos elétricos em operações comerciais. O valor para os nossos camiões pesados baseia-se num ciclo de condução de distribuição regional com um trator Volvo FH 4x2, com um PBC (peso bruto de conjunto) médio de 35 toneladas. Os nossos camiões pesados podem ter um peso bruto de conjunto até 44 toneladas. 

Quando fornecemos um camião, avaliamos cuidadosamente a rota em conjunto com o cliente e calculamos onde será necessário proceder ao carregamento, de modo a cumprir os requisitos do transporte. A Volvo investiga constantemente novas opções e colaborações relacionadas com o carregamento dos seus veículos.

Inicialmente, pensamos que a maioria dos camiões será carregada na base do cliente durante a noite. À medida que os veículos elétricos se tornam mais comuns, haverá também a necessidade e a oportunidade de os carregar em muitos locais diferentes, tais como cais de carga, oficinas de assistência, paragens de camiões e outros locais em que os camiões estacionem.

Os nossos camiões pesados podem ser carregados com um carregador CA (por exemplo, uma wallbox) de até 43 kW e com um sistema CC (posto de carregamento estacionário), que tem uma capacidade de 250 kW.

Utilizando um carregador CA, demora cerca de 9 horas para carregar completamente as baterias. Com um carregador CC, o tempo de carregamento é reduzido para aproximadamente 2 horas. A bateria pode ser carregada mais rapidamente até 80% da capacidade, da mesma forma que um smartphone, porque o carregador abranda no final do processo para proteger as células da bateria.

De momento, os nossos camiões elétricos oferecem uma autonomia de até 300 km. No entanto, a autonomia depende em grande parte de condições externas, como as condições meteorológicas e a resistência do vento, juntamente com o peso do camião e o estilo de condução do motorista. A autonomia e a vida útil podem ser prolongadas utilizando modos de condução económicos, treinando o motorista e seguindo cuidadosamente as instruções de carregamento e gestão das baterias. Analisamos de perto as circunstâncias de cada cliente e elaboramos possíveis rotas e estratégias de carregamento. Os clientes podem utilizar ferramentas digitais para controlar e planear a utilização do camião, de modo a que os padrões de carregamento possam ser melhorados ao longo do tempo. 

O método mais rápido é o carregamento em CC até 250 kW, em que o tempo de carregamento de uma bateria completa é de cerca de 2 horas.

O motorista pode controlar o estado de carga no painel de instrumentos do camião. Também pode ser monitorizado remotamente através do portal Volvo Connect, que mostra a localização do camião e o estado atual do carregamento em diferentes vistas. A aplicação MyTruck da Volvo também possui uma função de monitorização do carregamento e um conjunto de outras funções úteis para camiões elétricos. 

O portal Volvo Connect possui uma função de Planeamento de rotas e autonomia que permite aos clientes planear as rotas e partilhá-las com o motorista através do painel de instrumentos do camião. Isso facilita o cálculo da autonomia, dando a opção de fazer mais entregas com base no estado de carga. 

O contrato de assistência Volvo para camiões elétricos inclui a monitorização das baterias, para garantir que estas mantêm a sua capacidade ao longo da sua vida útil. O contrato também garante o funcionamento das baterias para além da garantia de dois anos da linha motriz que acompanha o camião.

Os camiões elétricos da Volvo cumprem os mesmos padrões elevados de segurança em caso de colisão que os nossos outros camiões, incorporando os mesmos sistemas de segurança que os modelos a diesel. Além disso, foram adicionados cenários de colisão específicos para os camiões elétricos, a fim de verificar a resistência em caso de colisão da instalação da bateria e de outros componentes elétricos. Além disso, fizemos todos os esforços para projetar o sistema elétrico de 600 volts do camião para ser seguro durante a sua utilização e manutenção.

Normalmente os utilizadores aprendem rapidamente como funciona o camião e sentem-se confortáveis com a sua autonomia. Se a carga da bateria descer a zero enquanto o camião está a ser conduzido, é disponibilizada alguma capacidade de energia de reserva que ajuda o condutor a chegar a um local seguro.

Utilizamos baterias de iões de lítio. Inicialmente, os camiões elétricos pesados serão oferecidos com 5 ou 6 packs de baterias. Cada pack de baterias possui uma energia total de 90 kWh, o que totaliza 450 ou 540 kWh de energia total. Cada bateria pesa 505 kg. 

Os packs de baterias são montados nas nossas próprias fábricas para garantir que são da mais alta qualidade e que foram totalmente testados. A vida útil total pode variar e depende de diversos fatores, como a intensidade de utilização, ciclos de condução, carregamento, etc. A Volvo monitoriza constantemente as baterias e oferece um contrato de assistência que garante o seu funcionamento.

A Volvo está a investigar e oferece soluções de refabricação, reciclagem e segunda vida útil, em que as baterias podem ser utilizadas para fins diversos.

Os intervalos de manutenção são aproximadamente os mesmos, mas a manutenção é diferente da de uma linha motriz tradicional. O consumo de peças sobresselentes depende da aplicação de transporte, da região onde o camião é utilizado e de muitos outros fatores. Os camiões estão ligados e podem reportar o estado dos diversos componentes, o que permite organizar a assistência e manutenção de modo a aumentar o seu período operacional.

Todos os concessionários que vendem camiões elétricos estão prontos para assumir total responsabilidade pelos sistemas técnicos e funções dos camiões. Muitas das oficinas de assistência possuem uma vasta experiência na manutenção de autocarros elétricos.

A curva de desempenho dos camiões elétricos é diferente da dos camiões com motores de combustão. Por exemplo, a potência é disponibilizada de imediato assim que pisa o acelerador. O fato de os camiões elétricos terem menos mudanças também faz com que a experiência de condução seja diferente.

Os camiões elétricos produzem menos vibrações e fazem menos ruído, o que resulta numa experiência de condução confortável e relaxante.

Contacte o concessionário Volvo local e manifeste o seu interesse.

O ecossistema é composto por todo o hardware, serviços e pessoas responsáveis, por exemplo, por monitorizar e salvaguardar o funcionamento e autonomia do camião e garantir que os clientes podem fazer as suas entregas de forma fiável. Isso inclui áreas como o carregamento, planeamento da assistência e diagnóstico remoto do camião e serviços de software para otimizar as rotas e a autonomia.

Entregámos os primeiros camiões totalmente elétricos aos clientes em 2018, mas começámos a vender camiões híbridos, que funcionam com uma combinação de eletricidade e outros combustíveis, muito antes disso. Outras partes do Grupo Volvo, em particular a Volvo Buses, possuem uma vasta experiência em veículos elétricos.

Os nossos camiões elétricos partilham uma plataforma com as nossas outras linhas motrizes, satisfazendo os mesmos padrões elevados de qualidade. O pessoal altamente qualificado da Volvo ajuda os clientes a configurarem os seus camiões de modo a satisfazerem os seus requisitos específicos, fornecendo apoio especializado durante o funcionamento do camião. As baterias e o estado geral dos camiões são constantemente monitorizados para permitir a identificação em tempo útil das eventuais medidas que precisem de ser tomadas durante a ação de manutenção seguinte.

Soluções de carregamento eficientes são a chave para poder utilizar um camião elétrico da maneira mais eficaz possível. Apoiamos os nossos clientes fornecendo conhecimentos especializados, orientações e soluções completas. Em 2021 apresentaremos informações mais detalhadas sobre as diferentes ofertas.

Carregamento CC utilizando CCS2, até 250 kW (600-750 V), e carregamento CA utilizando Tipo 2, até 43 kW.

Negócios

Os baixos níveis de CO2, emissões de partículas e ruído tornam possível o transporte de mercadorias em zonas de emissões zero e em alturas em que os camiões com linhas motrizes tradicionais não podem normalmente ser utilizados. Isso poderá permitir mais entregas, e mais rápidas, num mesmo turno. Combinado com a ausência de gases de escape, isso proporciona melhores condições de trabalho para os motoristas e uma redução do impacto ambiental. Além disso, as mercadorias podem ser entregues no interior dos edifícios. A experiência de condução de camiões elétricos também é mais satisfatória devido à redução do nível de vibrações e à resposta mais rápida de aceleração.

Os camiões totalmente elétricos são ideais para o transporte de mercadorias dentro e fora das cidades, em rotas pré-definidas que incluam um regresso à base de origem para carregamento no final do dia de trabalho. 

A distribuição, construção urbana e recolha de lixo (muitas vezes por parte de autoridades municipais) são exemplos de segmentos que têm sido pioneiros na adoção de camiões elétricos. Mas a capacidade dos camiões pesados Volvo também permite atualmente o transporte de mercadorias entre cidades.

A eletrificação, sob a forma de veículos elétricos a bateria e células de combustível, tornar-se-á possível em cada vez mais segmentos. Neste momento, as principais exceções são o transporte de longo curso, devido à falta de infraestruturas de carregamento, e as aplicações de transporte pesado nos setores da madeira, construção e extração mineira.

Os camiões elétricos envolvem um investimento inicial maior do que os modelos equivalentes a diesel. No entanto, estamos numa fase de transição entre os combustíveis fósseis e as soluções de transporte sustentável a longo prazo, sendo esperado que o custo das novas tecnologias venha a diminuir com o tempo, devido à melhoria das economias de escala. 

As grandes empresas de transporte, em especial, começam a sentir a pressão dos seus compradores de transporte e dos consumidores finais para oferecerem soluções de transporte sustentáveis. Cada vez mais empresas querem reduzir as suas emissões de CO2 e contribuir para uma sociedade mais sustentável. Estão a ser geradas novas oportunidades de negócios para empresas que querem poder transportar mercadorias para locais e a horas que não são possíveis com camiões propulsionados por combustíveis fósseis. Um número crescente de cidades está a introduzir zonas de emissões zero, nas quais apenas são permitidos veículos elétricos. Está a ser igualmente debatida a possibilidade de impostos que irão facilitar a transição para uma sociedade mais neutra em termos de CO2.

Todas as nossas soluções de pagamento atuais estarão disponíveis para os nossos veículos elétricos: pagamento em numerário, leasing e aluguer. Estas soluções serão adaptadas às necessidades de cada cliente individual. 

Estão disponíveis para encomenda os camiões elétricos Volvo FL e FE para trabalhos médios e o Volvo VNR norte-americano. Para obter mais informações, contacte o seu representante local da Volvo Trucks. Oferecemos camiões elétricos pesados na Europa desde 2021. Se tiver dúvidas sobre estes produtos, consulte esta ligação.

O início da produção dos camiões pesados Volvo FM, FMX e FH na Europa está previsto para 2022. Os camiões elétricos Volvo FL e FE para trabalhos médios e os Volvo VNR norte-americanos já se encontram em produção em volume. Para obter mais informações, contacte o seu representante da Volvo Trucks. 

O período de retorno do investimento depende muito do segmento e do mercado. Os camiões elétricos também podem abrir novas oportunidades de negócio. A sua viabilidade económica aumentará com o tempo, com economias de escala e à medida que os diferentes segmentos amadureçam. Por exemplo, os incentivos e a legislação estão a tornar a utilização de camiões elétricos para distribuição e recolha de lixo nos centros urbanos muito mais atraente. Os reduzidos custos variáveis conduzirão a uma maior rentabilidade, proporcional à utilização do camião. Quando o elevado investimento inicial tiver sido pago, os baixos custos variáveis dos camiões elétricos terão um impacto positivo na rentabilidade.

A rentabilidade depende muito do tipo de transporte. Os camiões elétricos têm um custo inicial mais elevado, mas também oferecem novas oportunidades para as empresas de transporte melhorarem a produtividade e abrirem novas áreas de negócio. Por exemplo, podem operar em horários de menor movimento e satisfazer as necessidades das autoridades municipais e de outros clientes de forma mais eficaz do que os seus concorrentes. Os reduzidos custos variáveis conduzirão a uma maior rentabilidade, proporcional à utilização do camião. Quando o elevado investimento inicial tiver sido pago, os camiões elétricos têm custos variáveis mais baixos, o que também tem um impacto positivo na rentabilidade.

Para conhecer as opções disponíveis, contacte o fornecedor de energia local.

Idealmente, os camiões elétricos deverão ser carregados durante a noite na sua base, de modo a minimizar os custos energéticos. Além disso, deverá planear cuidadosamente as rotas para utilizar da melhor forma a capacidade energética disponível. De resto, aplicam-se as mesmas considerações que para outros tipos de camiões. Deverá certificar-se de que o veículo está configurado para a tarefa e também conduzir de forma económica, estabelecendo um plano de manutenção para garantir o melhor desempenho e disponibilidade possíveis.

Estão disponíveis para encomenda os camiões elétricos Volvo FL e FE para trabalhos médios e o Volvo VNR norte-americano. Para obter mais informações, contacte o seu representante local da Volvo Trucks. Oferecemos camiões elétricos pesados na Europa desde 2021. Para consultas relativas a estes produtos, siga esta ligação.

A maioria dos países da UE oferece algum tipo de incentivo para promover a utilização de tecnologias mais amigas do ambiente, tais como os camiões elétricos. Para mais informações, contacte o representante local da Volvo Trucks no seu país. 

Os custos energéticos variam muito entre os vários países. Normalmente é mais barato carregar um camião durante a noite e na sua base de origem. Contacte o fornecedor de energia local para encontrar a melhor solução, tanto do ponto de vista financeiro como ambiental.

É provável que os BEV - veículos elétricos a bateria - venham a fornecer uma grande parte do transporte urbano e regional no futuro, dadas as suas vantagens financeiras e ambientais. É seguro dizer que a mobilidade elétrica chegou para ficar. A tecnologia encontra-se validada em autocarros, carros e outras máquinas. A visão largamente aceite no setor dos transportes é a de que os camiões elétricos a bateria e camiões elétricos a hidrogénio para distâncias maiores desempenharão um papel vital na transição para um futuro livre de combustíveis fósseis.

Sim, continuaremos a oferecer uma gama de diversas linhas motrizes e sugeriremos a solução mais adequada para cada cliente individual e localização geográfica. Forneceremos um mix de camiões com motores de combustão cada vez mais eficientes em termos de combustível, camiões movidos a gás e camiões totalmente elétricos e a pilha de combustível. 

Fornecemos os nossos camiões elétricos com contratos de Assistência Gold, o que significa que os custos de manutenção são incluídos no custo total de propriedade. Garantimos que o custo total de propriedade é competitivo.

Isso depende da aplicação e das especificações do veículo. As baterias acrescentam peso extra e para ajudar a compensar esse acréscimo, a UE permite um PBC adicional de até uma tonelada. A decisão e a implementação dependem das autoridades nacionais.

Em geral, para se poder fazer a comparação é necessário olhar para o custo total de propriedade. Com frequência, os camiões elétricos também oferecem novas oportunidades de negócio, uma vez que permitem transportar mercadorias para locais e a horas que não são possíveis com camiões propulsionados por combustíveis fósseis. Um número crescente de cidades está a introduzir zonas de emissões zero, nas quais apenas são permitidos veículos elétricos. A mudança para os camiões elétricos significa um investimento inicial superior para a empresa de transporte, seguido por custos operacionais consideravelmente menores. A adequação da solução deverá ser analisada em conjunto com os clientes locais. Além disso, acreditamos que o investimento inicial começará a diminuir à medida que os volumes aumentem e o custo das baterias diminua ao longo do tempo. 

Iniciámos a produção do Volvo FL Electric e do Volvo FE Electric na Europa em 2019 e as vendas do Volvo VNR na América do Norte no final de 2020. As vendas dos modelos pesados europeus tiveram início em 2021 e a produção em volume começará em 2022. 

Explore a nossa oferta de camiões elétricos

Quer saber mais sobre a mobilidade elétrica?

Tem mais perguntas?

O seu concessionário Volvo Trucks local terá a resposta. Apareça, telefone ou peça para ser visitado.